Kions Adestramento

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Kions TAA

Terapia Assistida por Animais

E-mail Imprimir PDF

O que são as "Cinoterapias" ou Terapias com animais?

Definições

Há três modalidades de atendimento praticadas no Brasil:

IMA – Intervenções Mediadas por Animais:

As visitas são espontâneas com propósito de quebrar a rotina dos atendidos de forma a entretê-los. Não há exigência de pessoas e animais preparados para a atividade.

AAA – Atividades Assistidas por Animais:

São atividades com frequências casuais, realizadas por pessoas e animais voluntários sem exigência técnica. Com conteúdo e tempo de duração variável, sem metas definidas e direcionadas para grupos.

TAA – Terapia Assistida por Animais:

A atuação é focada na melhoria de pessoas com necessidades especiais físicas, sociais, emocionais, cognitivas, entre outras. Os objetivos são claros e definidos. Existem metas, tempo de duração e frequência de visitas planejadas e específicas. Seu conteúdo é organizado, controlado e registrado.

Matéria publicada:

Leia, baixe ou assista a reportagem publicada na revista ano 08-edição02 do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITO) sobre TAA, onde a Kions participa da ação:

 

Clique aqui para ler a revista.

Clique aqui para fazer o Download da revista.

Clique aqui e assista a reportagem.



Como a Kions realiza esse tipo de trabalho?

 

O Programa

As “Cinoterapias” ou Terapias Assistidas por Animais (TAA) são recursos que utilizam técnicas e metodologias específicas para aumentarem a Qualidade de Vida e o sucesso em diversos tipos de tratamentos, dentre eles, a reabilitação nas deficiências físicas.

 

Locais para atendimento

É previsto atendimento particular em domicílios, como também, centros de reabilitação, escolas, clínicas, instituições, empresas, clubes, creches, casas de repouso ou onde houver possibilidade de atuação.

Para maiores informações, clique aqui e entre em contato.

 

Objetivos

  • Atender pessoas com necessidades físicas especiais, através de profissionais tecnicamente capacitados em uma ação interdisciplinar;

  • Promover socialização dos pacientes visando melhora na qualidade de vida;
  • Atingir um número significativo de beneficiados.

 

Diferenciais

  • Atuamos somente com profissionais especialistas;
  • Dinamismo nas atividades, com conteúdo motivacional e lúdico;
  • Trabalho baseado em critérios pré estabelecidos por órgãos dos EUA e da Inglaterra;
  • Animais pré selecionados de acordo com perfil comportamental específicos para as terapias;

 

A TAA e os benefícios para o paciente:

A Terapia Assistida por Animais mostra-se um instrumento de grande valor na produção de Bem Estar de pessoas com necessidades especiais. Dentre as alterações mais ocorridas, podem ser citadas: a redução da ansiedade, o incremento do convívio social, a melhora do humor e da capacidade de expressão e o estímulo à memória.

A presença e a interação com os animais pode recuperar a auto estima, além da reintegração à sociedade devido à melhora do contato social que o animal permite. Além de redução da pressão arterial, frequência cardíaca, redução no estresse, entre outros.

A presença de animais representa um fator de motivação importante para a realização de exercícios físicos, tornando os indivíduos mais ativos e responsivos durante e após as visitas destes. A melhora na verbalização é um item importante trabalhado neste tipo de terapia.

Também são relacionadas evoluções fisiológicas e de saúde cardiovascular, promoção da saúde física através da diminuição da solidão, dos níveis de depressão, favorecendo os efeitos no sistema nervoso simpático e aumentando o estímulo para prática de exercícios. Destacam-se ainda os benefícios de aperfeiçoar as habilidades motoras finas, a adesão ao tratamento, habilidades de atenção, melhora na interação com a equipe de saúde e a motivação para o envolvimento em atividades em grupo.

A TAA, portanto, mostrou-se um bom instrumento terapêutico, possibilitando tornar a terapia mais prazerosa e o ambiente mais descontraído, não somente para o paciente, mas também para os profissionais envolvidos.  Ficou evidente também, que cada vez mais torna-se necessário buscar formas de abordagem terapêutica diferenciadas, proporcionando melhora na comunicação e relacionamento entre paciente e profissionais da saúde e permitindo uma abordagem desse paciente de forma mais completa, considerando não somente o aspecto físico, mas também o emocional e cognitivo.

 

Profissionais participantes:

  • Psicólogas

Cristiane da Mota Ramos (AACD - Associação de Assistência à Criança Deficiente) - CRP: 06/71030 - Psicoterapeuta Breve (atendimento com foco na problemática atual do atendido);

Fabiana Cezar - CRP 5759-4 - Psicóloga Clínica com especialização em psicologia escolar - Trabalha com crianças autistas e seus familiares, dentro da linha comportamental.

  • Fisioterapeuta

Viviana Dylewski (AACD - Associação de Assistência à Criança Deficiente) - CREFITO 3 - SP - Fisioterapueta adulto e infantil.

  • Adestradores / Condutores

Alexandre Tamashiro;

Marcos Antonio Beirigo.

  • Além de outros profissionais de diversas áreas (Jurídico, TI, Comércio, Prestação de serviços, etc.), que dão suporte ao programa.

 

Metodologia

O programa consiste em terapias com a utilização do cão como facilitador na melhoria do paciente, com base em critérios da Delta Society*, instituição sediada nos EUA, que é referência mundial sobre a aplicação desta forma terapêutica para necessidades variadas e em todas as faixas etárias há mais de 30 anos. * http://www.deltasociety.org/


Atendimento

Nossa equipe é formada por profissionais especialistas altamente capacitados e os nossos animais são criteriosamente selecionados e treinados. Os equipamentos são específicos e obedecem todas as normas exigidas pelos órgãos sanitaristas fiscalizadores da esfera Nacional, Estadual e Municipal, com melhoramento de alto rigor dessas bases pelo grupo, para que não ofereça riscos à integridade física e mental dos atendidos, técnicos e ao ambiente de atendimento, seguindo Procedimentos Operacionais Padrão.

Para cada sessão existem metas estabelecidas e relatórios são gerados sobre o progresso do paciente. A visita é agendada e os intervalos definidos, visando não apenas a organização, como também a aderência do atendido. A duração do procedimento é pré-determinada para a melhor assistência do paciente.

Todo o procedimento metodológico acontece dentro do cenário legal, conforme previsto na Declaração Universal dos Direitos dos Animais e na legislação vigente do Município de São Paulo.

Futuramente, prevê-se atendimento para autistas de diversas faixas etárias.

 

História

Segundo o Censo realizado pelo IBGE 2000 existe aproximadamente 1,5 milhão de deficientes na capital de São Paulo. Assim, a Kions® desde o ano 2000, iniciou seus trabalhos voluntários realizando Intervenções Mediadas por Animais (IMA). Atualmente possui na sua história, além de outras, duas realizações importantes: IMA na AACD-Mooca (2001) e o pioneiro programa profissionalizante para o mercado pet na Fundação CASA (2010).

Em 2009 a Psicóloga Cristiane da Mota Ramos, gestora do projeto de implementação da TAA na sede da AACD, convidou para completar sua equipe interdisciplinar de terapeutas, A. Tamashiro como Adestrador.

A soma das experiências obtidas nestes trabalhos culminou na idealização do “Programa Kions®-TAA” e a junção de pessoas que, cada qual a sua maneira, beneficia e promove este trabalho para que seja executado com excelência.

 

Textos:

Alexandre Tamashiro; Cristiane da Mota Ramos; Fabiana Cezar; James Rodrigues.

Revisão:

José Roberto Tiepolo Júnior; Sergio Matsumoto; Lissandra Esgolmin.

Colaboração:

Adriano Cezar; Bruno F. Brasil; Daniel Tamashiro; Laura Tamashiro; Lissandra Esgolmin; Paulo Eduardo de A. Coelho; Vanessa Wickbold; Wellington de Souza Lima.

 

Banner
Banner
Banner

Copyright © 2004 Kions Adestramento. Todos os direitos reservados.